sábado, 24 de novembro de 2007

Diario de viagem/Ohio


Parte de minha familia americana. Laura, Carol, Scott, Mom & Sharon,17/03/07
Bem, estou em Ohio.
Nosso Thanksgiving foi longo e agradabilissimo! Comi peru com cranberry e todas as outras tradicoes. Casa cheia e familia feliz, muitas vizitas de amigos. Nevou muito duas vzs a tarde e algumas a noite. Muito lindo!
Estou na casa de minha sogra, que por sinal eh um amor. De verdade.

Ela eh uma senhora muito bonitinha que ainda parece viver na american life dos anos 50. Faz cakes, cookies e comidas especiais para nos, lava nossa roupa e cuida com primor da casa. Eh costureira como profissao, mas hoje so trabalha p a comunidade da igreja como voluntaria. Eh casada pela terceira vez, ele, Frank me recebe muito bem tbm.

Scott eh o temporao, a raspa do tacho, depois de 3 mulheres e 1 homem. A diferenca dele para a mais nova eh de 8 anos. Resumindo, ele quando chega aqui eh mimado por todo mundo e eu estou sendo tambem, porque p eles sou a pessoa que faz ele feliz. Eles acham q ele encontrou a pessoa certa p ele, eu tambem.

O Dad tbm eh otimo, sao separados desde q Scott tinha 9 anos, mora no Alabama com o outro filho. Me dou MUITO bem com ele, muito parecido com o meu pai, sem falar que eh professor de historia e filosofia, adora conhecer o lindo mundinho e tirar fotos (ele eh profissional), sorri facinho e fala com todo mundo (q nem q eu...). Ele eh DEMAIS!!!

Hoje fomos ao evento de abertura da temporada de Natal aqui em Akron. Muito maneiro. Tenho muitas novidades a respeito dessa cidade como, o cara q inventou a tecnologia p fazer a bolinha de gude, da fabrica de brinquedo que vendia em 1889 1 milhao de brinquedos por dia. Aqui inventaram as primeiras maquinas p a agricultura, a Firestone nasceu aqui e a Goodyear tbm. Vi fotos incriveis dos Zeppelins, vi como eles (goodyear) foram crescendo e usando o gas e a borracha p um monte de coisas.Vi a primeira maquina de fazer pneus, ui, muito velha, na manivela. Vi que a alemanha e os judeus nesta cidade sao muito importantes, chegaram aqui no final do seculo 19 e colocaram a mao na massa. Alias, tudo dessa festa era alemao. Vem sei la quantos pra ca, vao sei la quantos p la. Ai tem de artesanato a comida e musica. UI! Comi uma sopa de lentilha com salsicha e salada de batatas e cerveja preta alema, uma coisa!!!!
Fui com dead e Scott, quase morri de frio, teve fogos lindos e shows com musicas natalinas. Teve ate papai Noel fazendo hohoho, rs. Nao tenho o cabo p baixar as fotos aqui,
me aguardem!
Tenho uma linda e maravilhosa familia americana.
Todos tem pendurado na parede de casa foto do nosso casamento, mandei por email, eu, ainda nao as tenho no papel, mas minha sogrinha me deu uma linda num lindo quadro. Me vestiram p 30 invernos, so coisa bacana.
Vou embora domingo... Mas volto assim q puder. Com frio e tudo.
Obrigada Senhor Rei do Universo mais uma vez por me achar merecedora de ter sempre pessoas maravilhosas ao meu lado!

5 comentários:

Crika disse...

Olá Dani...

Que bonita esta história que vc acabou de narrar.Fico feliz por vc e acho q se está feliz de verdade é pq merece.

beijos

Crika

Iara Alencar disse...

sogras sao boas no inicio rsrsrrsrsrs

felicidades querida. Iara so trabalha, trabalha.

Joel disse...

Parece uma família realmente abençoada e na presença de Deus.
Como Jesus te ama, Daniele!!

jose disse...

Amém...........

Danielle disse...

Poxa gente!
Obrigada!
Sim, eu me sinto amada e protegida por D`us.
Essa familia eh maravilhosa!
Iara, vc sabe que Scott eh meu quarto marido? Vc sabia que me dou com minhas sogras, todas muito bem ate hoje. Mesmo tendo sido eu que tenha querido a separacao... Sempre foi assim com as maes de namorados tbm. Sou louquinha mas as familias gostam de mim, rs.
E ai vou confessar um achismo meu, acho que sou abencoada por D`us nao por ser especial ou melhor q ninguem, mas acho que pela forma que tenho a minha fe. Nunca o culpo por maus momentos, sei que foram escolhas em algum momento feitas por mim. Por isso nao me lamento, ao contrario, tento aprender com o mal momento, tento saber pq estou fu$i#a naquele momento, qual caminho errado tomei... Nunca me considero vitima, e olha, agradeco muito TUDO, TODOS os dias. Pode ate ser que viva iludida, mas isso me da paz no coracao. Sinto sempre portoes se abrindo, sorrisos espalhados por ai. Tenho tudinho na exata medida que quero e faco por onde ter, inclusive as ruins. Serei uma sogra maravilhosa, so tenho especiais tbm. Hahahahaha!
Beijos em todos, ainda no frio de Ohio.