quinta-feira, 8 de novembro de 2007

OI!!!


Que bom vc por aqui!
Nao quero colhecionar numeros, estou aqui so pra abrir as portas da minha Arca de Noe e poder soltar todos os meus bichos.

Quem quiser, que os solte tbm.

A liberdade aqui eh infinita.
Cada um respondera por suas palavras e atos. E eu, nao tenho nada o que julgar, facam o que quiserem de suas vidas, ate me odiar.
Beijos!!!

14 comentários:

Crika disse...

Então Dani...Estou um pouco me sentindo a deriva mesmo...Por isso vou aqui e alí e aonde me abrirem as portas.É bom não ter um pouso certo.É bom explorar lugares...Soltar os bichos?Pode ser...Mas momento sem bicho pra soltar...rs...

Eu volto!

Beijão

Crika

Dani Fariah disse...

A deriva...
Entao qualquer hora vc vai chefar en algum lugar. Sua garrafa vai encontrar uma praia bem bonita.
Fica peixe!
Tudo vai dar certo.
Beijos!!!

Anônimo disse...

De que peixinho vc tá falando?
Será que postar de vez em quando como anônimo aqui, só por preguiça de ficar assinando toda hora, será tolerado? Tem certeza que um "anônimo" light aqui não vai ser considerado um pária da sociedade?
Será que vai rolar uma dose generosa de verdadeiro bom humor aqui?
Se a proposta for esta e não a de uma terapia de grupo, pode até ser que esse peixe fique..hehe

jose disse...

Que cada um possa se bastar, que cada ser humano saiba se respeitar...pronto, a arca esta na agua e ninguem vaio querer deixa-la....beijos

Te disse...

Dani,tudo bem? Não se esqueça de mim, p prazo para a entrega do trabalho é até quarta feira...please....

Dani Fariah disse...

Soltem os bichos a vontade, com nome ou sem. E terapia de grupo, tenho tendncias a isso, mas tenho me controlado.
Te nao te esqueci. Hoje!
To indo trabaLHAR.
Ambrosio, beijos!!!

Joel bem-te-vi disse...

Noé foi considerado um louco pelo sistema da época por estar naquela idade avançada empenhado em construir uma Arca que na verdade era um grande navio. Todos os humanos foram convidados para ela, mas só a família dele aceitou o convite. Nunca havia chovido na terra e muito menos ali no Monte Ararat (hoje, Armênia). Quem não ouviu a Noé e a Deus (e os achou caducos e loucos)acabou dençando feio (fora da Arca) e os animaizinhos, na sua humildade, acabaram se dando bem. Tudo isso tá lá em Gênesis (Antigo testamento)nos capítulos de 6 a 9. Bela história. E o mais surpeendente: é atualíssima.

Crika Capelo Gaivota... disse...

Hoje se acreditaria menos ainda em
Noé.
E a barca daqui segue cheia de bichos...Quem quiser conhecer meu blog pode acessar o endereço aí embaixo!

Bom dia pra vcs!

Crika

Anônimo disse...

endereço embaixo da onde, gaivota?

Joel humano da arca disse...

O interessante é que quanto à vida nesta terra ninguém pôde escolher: os humanos não escolheram nascer humanos, nem os bichos escolheram nascer bichos.
Mas quanto à vida após o dilúvio, tanto os humanos quanto os bichos puderam escolher. Os humanos puderam dizer "não" ou "sim" ao chamado de Deus através de Noé e de acordo com suas escolhas perecerem ou se salvarem (estes foram muito poucos).
Os bichos também. Só os mais mansos entraram na Arca e sobreviveram ao dilúvio.

CrikaturadeDeus disse...

endereço do blog:
http://avessodoavessodoavesso.blogspot.com

Danielle a Sobrevivente saindo da Arca. disse...

Eh isso ai!
Somos todos o tempo chamados.
Uns escutam outros nao.
mas D`us eh tao bom que nao desiste de nos nunca. E tome chamadas que passam so caindo na caixa postal da idiotice humana. Mas eh normal. Ele sabe o que criou e sabe q um dia, chegaremos a entender que podemos usar nossa perfeicao para as coisas boas da vida. Pq sim, fomos criados a perfeicao divina. Eu gosto eh de soltar bichos, soltar os loucos, os cachorros, soltar a voz, o corpo.
O lance eh se soltar geral!!!
Beijoks!
Vou la te ver Crika!

Crika disse...

entao abra suas asas...solte suas feras...Caia na gandaia!Entre nesta festa...me leve com vc ÊEEE...

Adá disse...

Almas que de momento definido encontravam-se soltas como deveriam ser, mas soltas de tudo enão, soltas por sofrer... foi assim...
E se encontraram...se conheceram...
Mágica... Sentidos voltaram à tona como mágica...
E por um momento o mundo se fundiu em um só microcosmo...
Um dia encontraremos novamente esse lugar... Sei que não o perdi.